title

BLOG

 

Avaliação do Ciclo de Vida de Produtos Cerâmicos mostra vantagens sobre o cimento

28 out 2014, por Salema em Sem categoria
revista_83-12-braunas1

Resultados do estudo de blocos:

A avaliação mostrou que o m² de parede cerâmica requer 24% menos água do que o m² de parede de blocos de concreto e 7% menos que o m² da parede de concreto moldada in loco, sendo que, no caso da parede cerâmica, o consumo de água se deve exclusivamente à utilização de argamassa, e não aos blocos. Em relação ao esgotamento de recursos naturais não renováveis, as paredes de blocos cerâmicos consomem 43% menos destes recursos que uma parede de blocos de concreto e 63% menos que uma parede de concreto moldada in loco. No quesito Mudanças Climáticas, a emissão de gases de efeito estufa de uma parede de blocos cerâmicos é 50% menor que a de uma parede de blocos de concreto e 34% menor que a de uma parede de concreto moldada in loco. Isso acontece, principalmente, pelo fato de a indústria de cerâmica vermelha utilizar em seus fornos fontes de energia renováveis.

revista_83-12-braunas1

Sobre o Estudo

O objetivo da ACV é analisar e entender os impactos ambientais ocasionados no decorrer de todo o ciclo de vida de blocos cerâmicos desde o momento da extração da matéria-prima, passando pelas etapas de transporte, produção, distribuição e utilização até seu descarte final.

Para isso, a empresa canadense Quantis, responsável pelo estudo, avaliou elementos como uso de energia, emissões de poluentes no ar, retirada de água, contaminação de solo e águas, impacto nas mudanças climáticas e na saúde humana para chegar ao resultado já conhecido: os produtos cerâmicos se mostraram significativamente superiores aos seus concorrentes.

De acordo com a série ISO 14.040, o fluxo de referência é a construção e a manutenção de um metro quadrado de parede externa, sobre o solo, durante quarenta anos, no Brasil, cujas funções sejam estruturais e de proteção do ambiente interno. A Quantis utilizou o método “IMPACT 2002+”, que apresenta quatro categorias de impacto de ponto final e um indicador de inventário, entre elas Mudanças Climáticas, Esgotamento de Recursos e Retirada de água.

12 Vantagens da alvenaria estrutural com blocos cerâmicos:

1. Racionalização: maior produtividade, qualidade e menor custo
2. Bom desempenho e segurança estrutural
3. Maior rapidez e facilidade de construção
4. Simplifi ca o detalhamento do projeto e materiais componentes
5. Canteiro de obra mais limpo e ecológico: sem entulhos e restos de madeira
6. Permite a utilização de componentes pré-moldados
7. Redução de cerca de 30% no custo da construção
8. Redução no uso de concreto e ferragem
9. Redução na mão de obra de carpintaria e ferreiro
10. Economia no uso de madeira para formas
11. Menor número de equipes ou de subcontratados de trabalho
12. Extrema facilidade de supervisão da obra

Artigo publicado na Revista Anicer, edição 83.

Post a comment